quinta-feira, 27 de setembro de 2007

aprender com o Filho a ser filho...


Nesse dia pedireis em meu nome, e não vos digo que pedirei ao Pai por vós, pois o próprio Pai vos ama, porque vós me amastes (Jo 16, 26-27).

Como vemos, descobrir o Rosto Paterno de Deus é tão diferente dos muitos ídolos que nos propõe o mundo ou dos que estão na cabeça dos crentes. Descobrir um Abbá Eterno, pleno de Amor, que é a Razão e Origem da minha vida, é descobrir-me como filho amado e querido.

Deste modo, caminhar como discípulo de Jesus é sobretudo aprender a ser filho deste Pai Bom, como Jesus o foi. É aprender a caminhar no Espírito Santo, Mestre da Comunhão. Esse dia é hoje: o Espírito Santo de Jesus Ressuscitado circula nos corações abertos e nele clama Abbá – Papá!, como diz Paulo. É o Espírito que em nós ecoa a oração, é Ele quem nos traduz a linguagem do diálogo amoroso com Pai. Hoje, no Ano da Graça, na Plenitude dos Tempos, o Pai nos assume na sua Família. Está realizado o seu projecto Eterno para o Homem.

Hoje, rezar ao Pai é descobrir-se no papel de filhos – amados, sonhados e salvos em Jesus Cristo. Rezar é comprometer-se com o Reino – reconhecer ao Pai a obediência de filhos, a obediência do Amor, e a comunhão de irmãos entre os homens.

Temos um Pai do Céu que nos ama muito: é essa a base para a confiança do Pai-Nosso. Viver na confiança, na esperança filial, eis o que Jesus nos convida – porque essa foi a sua experiência mais bela.

Aqui a nossa relação com Deus transforma-se: deixamos de ser nós a fazer, a pedir, a oferecer. Mas começamos a acolher, a esperar, a agradecer a iniciativa de um Pai que nos ama antes que nos lembremos, que nos propõe antes que peçamos, que se oferece antes que agradeçamos. O quê? Uma Aliança. Abbá...

um grande abraço

4 comentários:

Inês disse...

É isso mesmo!... (e faço silêncio em mim)

Paula disse...

Obrigada porque tens sido mediação do Espírito na tradução da linguagem do diálogo amoroso com o Pai.

Vasco disse...

Ó pahh, isto sim sao textos... não sao extensos, passas a mensagem, não é entediante, o outro rapaz é muito enfadonho (hihihi)

Tou feito ao bife

O "outro" rapaz!!! disse...

EU VI!!!