domingo, 8 de junho de 2008

Companheiros, colaboradores e ministros...

«Levados pelo Espírito Apostólico, imbuidos do zelo do Fundador, fiéis à Tradição cultivada pelos predecessores e atentos aos sinais dos tempos, todos os redentoristas são colaboradores, companheiros e ministros de Jesus Cristo na grande obra da Redenção»
(Constituições Redentoristas, nº2)

É demasiado, Mestre, é demasiado…
Demasiado exigente, demasiado belo, demasiado novo…
Jesus, o Servo de Nazaré,
Mestre dos Discípulos, Senhor dos Apóstolos,
Todos os missionários, enviados, chamados,
Ministros da Nova Aliança, das tuas Bodas,
Das tuas Bodas com a Nova Humanidade…

Colaboradores, companheiros e ministros…
A minha vida, Mestre, a nossa, juntos, neste Projecto
Este Projecto no qual acredito, sim, acredito
Tal como acredito em Ti, no meio de todas as minhas coisas
E acredito que não é indiferente. Não, não é tudo igual…

Obrigado, Jesus, por esta vocação,
Por este Projecto que estamos a construir juntos, na minha vida.
Obrigado, Mestre, por este Selo, marcado pelo Espírito,
Este Selo por vezes doloroso, por vezes neutro,
Este selo muitas vezes de luta. Porque somos homens,
E a vida, a vida em construção, exige mangas arregaçadas…

Obrigado, Jesus de Nazaré, por este Projecto.
Olho para o nosso futuro com esperança, e ansiedade
Sim, ansiedade que chegue, que engravide este kairós,
E o lance nestas aventuras do Evangelhos.

E nada há de mais redentor, Mestre,
Ò Redentor, Canto do Homem Novo,
Nada há de mais redentor
Do que a tua Palavra do Evangelho
Anunciada, testemunhada, construída, apontada, segredada…
A tua Palavra, que nos mergulha nesta história,
Neste Projecto de Salvação,
E nos liberta. E nos faz renascer…

É demasiado. Não o mereço.
Só posso acreditar na tua Fidelidade.

obrigado por todos os que passam por estas partilhas
e convido de novo a passarem também pelo Zaqueu,
onde certamente haverá novidades
com quem tive o prazer de passar um Domingo muito bom!

5 comentários:

Anónimo disse...

obrigado por este post
Sintio que Deus e o Evangelhos são realidades centrais para a tua pessoa.
Cristo precisa e merece ter continuadores assim!

Romeu disse...

olá amigo,

se nós todos merecemos estar neste Projecto, tenho a certeza que também estás incluído ! ;-) existem muitos ministérios por preencher e já tens o teu lugar num deles ;-))

Anónimo disse...

Boa tarde!
Venho por este meio agradecer a Censura feita ao meu comentário. Não percebi o que dizia de errado?!
Pensei que estar em sintonia espiritual com as pessoas fosse algo gerador de comunhão...
Lamento que faça distinção de pessoas, pois acredito que o Deus de Jesus Cristo não o faria e não o faz.
Pelo menos fico a saber que nem todas as pessoas são benvindas neste espaço, e eu uma delas.
Da minha parte, prometo não voltar a incomodar mais.
Tenho pena, pois com Cristo nunca ninguém se encontrou, que ele deixasse mais triste ou mais pobre.
E é claro, que este comentário é mesmo censurável, lamento.
Devo dizer que a partir de hoje tudo o que escreva ou diga, quer neste espaço ou no dia a dia, para anunciar o Evangelho de Jesus Cristo não terão qualquer valor.
Lamento.
Ainda assim, fica a restar-me a esperança de que tudo isto não tenha passado de um lapso de computadores...

Rui Pedro disse...

Caro amigo:
lamento não compreender o que diz! Não me lembro de ter rejeitado qualquer comentário a este ou outro post, por isso espero que me possa esclarecer, certamente trata-se de um lapso de computadores.
Pode ter a certeza que, pela minha parte, todas as pessoas são benvindas a este blog!
Peço desculpa, mas de facto não percebo do que se trata.
Um abraço

Anónimo disse...

Olá!
Passo a explicar o porquê do comentário anterior: Normalmente não costumo comentar em muitos blogs, faço-o apenas, em momentos especiais. Sempre tive o cuidado de escrever o comentário e esperar para ver se foi enviado. Foi precisamente o que aconteceu.
Uma vez que diz que não recebeu nenhum comentário, pedi informações a um técnico de informática, o qual me disse, que o que aconteceu é normal na informática. Disse-me que é possível perder-se a informação.
Fiquei mais tranquila. Mais tranquila ainda, quando respondeu.
Peço desculpa por ter sido tão bruta no comentário anterior. Foi um desabafo irreflectido, que saiu no momento.
Certa de que foi um lapso de computadores, e agora prevenida para outros que possam surgir.
Agradeço as boas vindas. Continuarei a caminhar, fazendo o que estiver ao meu alcançe para crescer e amadurecer com a Pessoa de Jesus Cristo.
Obrigado pela atenção e pela pacência que teve.