domingo, 9 de setembro de 2007

sete: Jesus, a Nova Aliança

No terceiro dia, celebrava-se um casamento em Caná da galileia. Jesus e os seus discipulos estavam convidados para o casamento (Jo 2, 1)





Jesus:
ainda hoje continuas a apaixonar,
ainda hoje continuas a anunciar,
ainda hoje continuas a viver...
Como naqueles dias poeirentos na Palestina,
em que homens e mulheres se apaixonavam
pelo Reino que anunciavas,
o Reino a emergir, do Amor do Abbá por nós,
o Reino da Nova e Eterna Aliança.

Talvez este já não seja o momento das palavras, Senhor;
mais? para quê?
Só para te dizer que te amo, e muito,
e só para te dizer que quero seguir-te, Mestre,
e quero viver como tu,
e quero anunciar e da a vida pelo mesmo que tu,
pelo mesmo que te apaixonou a ti também...

Já nada mais te digo, Jesus Ressuscitado, Primogénito:
estou tão feliz, sou tão feliz!
Houve um ontem que preparou o que celebramos hoje,
haverá um amanhã em que viveremos o que celebramos hoje.
Hoje, celebramos.
Celebramos um Amor que une as nossas vidas.
Celebramos uma Aliança, a do Reino do Abbá.

Obrigado.

V. N. Gaia, 9 de Setembro de 2007

1 comentário:

marina disse...

Olá Rui Pedro!
Antes demais um «obrigada» por ter partilhado o dia de ontem contigo!
Vim pela primeira vez aqui através do «derrotar montanhas»,também já tinha lido outros textos teus que me chegaram às mãos através de amigos comuns que temos, mas por incrivel que pareça não os tinha associado à mesma pessoa!Ontem depois de partilhar contigo a tua «profissão religiosa», quando cheguei a casa voltei a lê-los, é diferente quando conhecemos o rosto da pessoa que escreve!
E como disse o Rui não há melhor oferenda do que a tua própria vida!
Beijinhos grande e mais uma vez «Obrigada», «obrigada pelo dom da tua vida»