quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Um Amor Eterno: IV. Na unidade da Comunhão


No contexto desse aprofundamento do Mistério de Salvação para a Humanidade cujos protagonistas são o Pai, o Filho “Ressuscitado de entre os mortos” e o Espírito nele presente, os discípulos guiados pela Palavra e pelo mesmo Espírito e numa dinâmica de celebração, oração e proclamação da Fé, aprofundam a relação revelada entre o Pai e o Filho. Reconhecem que o mistério de Filiação revelado em Jesus e que o Amor Paternal de Deus revelado no seu Projecto são maiores e ultrapassam a própria Criação. São eternos.

O Filho, que é a Palavra que revela e realiza a vontade criadora e salvífica do Pai, é o Filho que existe “desde o Princípio, que se dirige a Deus, que é Deus” (Jo 1, 1), que “está no Seio do Pai” e que o revela (Jo 1, 18), o Filho que “é amado antes da criação do mundo” (Jo 17, 24), e que por isso a todos concede a possibilidade de se tornarem filhos de Deus (Jo 1, 12), esse Filho, revelado em densidade humana, na “carne”, em Jesus de Nazaré, “Homem em tudo igual a nós, excepto no pecado” para que se torne “princípio de Salvação para todos os homens” (Heb 2, 17; 5, 9).

É o Filho do Pai, cujo Projecto de Salvação realizado em Cristo é eterno, “anterior aos séculos passados”, porque esse Projecto de Adopção Filial brota de um Amor Eterno, do seu Amor para o Filho, a quem gera na sua Vida e em cuja Geração plena “na carne”, na Ressurreição, assume toda a Humanidade nessa Geração. Por isso não é Pai só por ser o Criador ou o princípio último de toda a realidade, ou por ter libertado e constituído a Israel como Povo: é Pai no seu Amor Eterno, pelo Filho, vida da sua Vida, nesse Amor fecundo pelo qual “todas as coisas foram criadas” (Col 1, 16), desse Amor do qual o Homem nasce e é chamado a nascer, a nascer de novo, a nascer do Espírito (Jo 3, 5). Esse Amor, Amor do Pai acolhido no Filho, que abraçando e assumindo a história humana se torna o Reino de Deus, Reino do Pai que a todos comunica o seu Amor, e que a todos gera como filhos na fraternidade humana, no Espírito que “jorra para a Vida Eterna” (Jo 4, 14).

E este Amor Eterno, este Amor entre o Pai e o Filho, em si gerado e em si gerador, este Amor que é princípio de Vida de Comunhão, este Espírito, Santo porque de Deus, nas palavras que vamos encontrando para exprimir a sua acção…

Ao longo da Tradição cristã foi consagrada a linguagem da Pessoalidade para exprimir estas três actuações reveladas e reconhecidas na história da Salvação; três Pessoas que se revelam e actuam na linguagem humana como Pai, Filho e Espírito. Três acções diversas, originais, que no entanto nunca se distinguem nem contradizem, senão que surgem na unidade de uma mesma Salvação, de um mesmo Amor

Dizer Deus é dizer uma Comunhão Eterna; uma Comunhão tão perfeita e plena que, numa mesma unidade, se torna um só Deus, um só Amor (1Jo 4, 8), uma só Salvação. Mas na diversidade e plena riqueza da originalidade pessoal, na beleza de uma Comunhão de Diferentes, de Únicos nos seus jeitos de Amar como Pai, Filho e Espírito Santo. Não se trata de uma mera essência divina, nas alturas, o fundamento da realidade… trata-se de uma dinâmica viva, de uma Comunhão de Três Presenças na história dos homens, três Presenças que formam uma só Salvação, um só Amor, uma só Família

… Família na qual a nossa vida está a nascer e a ser gerada…
Para ti, Abbá, no teu Amor…
Contigo, Senhor Ressuscitado, na tua Filiação…
Em ti, Espírito, no teu Seio que nos gera…
um grande abraço

3 comentários:

Catarina disse...

Olá Rui Pedro, eu a Catarina, quero te dizer que já escrevi no blog do Rui, e agora escrevo no teu.
Muuuuuuuuuuuuuuitos beijinhos e um xi coração.
Catarina Afonso

Patricia disse...

Olá Rui Pedro, tu ainda não tens nenhum comentário e deves estar triste, por isso para te por alegre mando-te muitos beijinhos e mando-te um xi coração com muito carinho...
Patricia Afonso

Rui Pedro disse...

Olá Catarina e Patrícia!
Que sorte que eu tenho de vocês comentarem aqui no blog; muito obrigado!
Dou-vos também um beijinho muito, mas muito grande!!!