sexta-feira, 29 de agosto de 2008

O que sou, Pai?... E, no entanto...

Quando vejo os céus, obra dos teus dedos,
A lua e as estrelas que fixaste,
O que é o Homem, para dele te lembrares,
Um filho de Adam, para vires visitá-lo?

E o fizeste pouco menos do que um deus,
Coroando-o de glória e beleza.
Para que domine as obras das tuas mãos,
Sob os seus pés tudo colocaste.
(Sal 8, 4-7)


Pai Santo, Senhor de toda a Graça:
Na nossa experiencia de fé,
Tu surges na nossa história sempre de um modo inesperado.
Não te prevemos, não te imaginamos, não te merecemos.

Surges como Palavra de Graça,
Palavra de Sentido, de um Amor sobre-abundante,
De um Rosto maior do que podemos imaginar…
E surges, Bom Deus, como Palavra de Aliança,
Como proposta de uma História a dois,
Como Promessa de uma Plenitude, de uma Salvação,
Que é bela demais para ser mentira…

Surgiste assim, Pai, na história de Israel,
Como Palavra de Libertação,
Como proposta de uma Vida Nova.
E Israel percebeu, Pai, que Adam, o seu humano,
Nasce para receber a tua Proposta.

Em Jesus de Nazaré, Pai, na sua vida,
Na sua entrega, na sua Ressurreição,
O teu Amor ganha um Rosto Visível.
A Promessa revela-se de um modo radicalmente novo,
Como Plenitude à nossa espera,
À nossa disposição, à nossa fé.

E descobrimos, Pai, e perguntamo-nos:
Como é possível? Como é possível um Amor assim,
Uma Proposta assim, comigo? Para mim…

O teu Amor, Pai, capaz de fecundar
Um Universo assim, em marcha,
Revela-se na história concreta de um Povo,
De uma Comunidade, de uma pessoa, cada pessoa…
Como proposta de Aliança, como Palavra de pertença:
“Tu és o meu Filho muito amado,
No qual pus todo o meu agrado”…

E como não corresponder?
E como não construir os nossos dias,
Inseridos nesta Criação, pertencentes a esta História,
Segundo o teu Sentido, Pai?

Ajuda-me, Abbá, sempre, a viver e a proclamar
A dignidade, a beleza, o privilégio de ser pessoa
No teu Amor, na tua Graça…


29 de Agosto:
4 anos como Redentorista...
1 ano do blog Economia da Salvação...
um dia bem passado, a recordar coisas importantes com o Mestre...
Sou feliz!
Um abraço muito especial a todos, hoje!

4 comentários:

Sol da manhã disse...

Já passou um ano de blog?!!! É lá.... Ehehehheheh... Parabéns, Rui Pedro! Vamos lá a mais um ano!!

Que o Abbá te ajude sempre, sempre e sempre a seres um Missionário MUITO FELIZ!

Um grande abraço!

SHALOM SHALOM SHALOM

Anónimo disse...

Dou graças a Deus pela beleza deste texto.
Obrigado pelo bem que estás a fazer

Rui Pedro disse...

Muito obrigado, Maria, pelo teu abraço, e pela tua presença por aqui! Já sabes: quando for preciso o serviço linguistico, é só dizer!
Boa viagem de trabalho!

anawîm disse...

Parabéns, Rui Pedro!...

Gosto muito, encanta-me mesmo... esse anseio mais profundo de todo o Redentorista, de fazer chegar as boas notícias de Jesus a todos, aos "pequenos" numa linguagem que todos entendam, os liberte de qualquer escravidão e os faça o que são chamados a ser: Felizes.
E fazer chegar as boas notícias de Jesus, aos "grandes", numa linguagem que provoque mudança, denúncia profética, sempre em defesa dos "pequenos"... numa vida ao jeito de Jesus.
Gosto muito do vosso modo de viver!...

Agradeço muito a tua caminhada.
Agradeço muito o teu blog e o teu testemunho e anúncio nele.

um abraço grande