sexta-feira, 20 de março de 2009

Carta do grupo JR Gaia a um Recém-Nascido

Viva! Lembram-se de eu ter partilhado uma Carta a um Bebé na Barriga da Mãe? Pois bem, o bebé "nasceu"! Ou seja, depois desta nasceu uma outra Carta, não minha, mas de todo o grupo de jovens ao qual estou ligado, o JR-Gaia! Cada um escreveu a sua própria carta e, partir daqui, nasceu esta. Eu era para a ter partilhado há alguns dias, mas foi uma semana muito preenchida de modo que... vai agora. A carta está também no Hi5 do grupo . Um grande abraço e bom fim-de-semana!
Olá amig@!


És Sonhado e desejado antes mesmo da tua criação, és amado desde o inicio da tua vida, foi o Amor que te gerou. E serás em toda a tua história e em toda a tua vida o filho bem amado!

Ficamos sem palavras desde o momento em que soubemos que tinhas nascido: há tanta alegria, tanto amor que as palavras nada valem. Preferimos mostrar-te o que provocas em nós beijando-te, aconchegando-te nos nossos braços.

Durante o tempo que demoraste a nascer, não sabíamos se conseguirias, mas agora que te vimos, conseguimos apercebermo-nos que tens um dom, o dom da vida. Podes ser apenas um bebé, mas, ao contrário do que possam pensar, tu és algo grandioso. Tens um longo caminho a percorrer, mas sabemos que vais alcançar tudo o que mais desejas, porque tu és um privilegiado, tens o poder da vida…

De tudo o que a vida te ensinou, guarda no teu coração: no inicio está sempre o Amor. E de toda a importância que tem, aprende a amar bem, e depois, ai sim, faz o que quiseres. Comprometemo-nos a estar a teu lado, para que descubras que não te enganamos quando te dizemos: quem ama bem, jamais se arrepende da sua história.

Amor é a palavra que melhor se pode entender, porque é uma experiencia mútua. Porque no mínimo há sempre duas pessoas a desejarem, a exteriorizarem, a interiorizarem, a partilharem. E assim, cresce o sentimento no coração das duas pessoas. O sentimento é mútuo nos dois corações. Porém, no Perdão uma pessoa não consegue perceber a dimensão do arrependimento porque foi magoado e os sentimentos são diferentes.

Não precisamos de descobrir algo para amar: isso simplesmente acontece. E acontece em cada momento em que somos felizes, a cada segundo que respiramos, que vivemos. Se consideramos um momento bom, é porque amamos as pessoas que o partilham connosco. Viver é a confirmação de que o Amor acontece. Não percamos tempo a descobrir o que amar: simplesmente amemos.

Não tenhas medo, ama incondicionalmente, e não tenhas medo de o fazer, vais-te sentir feliz. Nunca serás julgado por amares, só terás coisas boas, porque é amando que somos felizes e fazemos os outros felizes.

Ama como nós te amamos a ti.

Todos os teus momentos irão ser únicos, originais e irrepetíveis, tal como tu. E em todos eles nascerás novo. Mais tarde, serão coisas do passado que te farão crescer sempre que os recordares. Por isso aproveita a vida, nascendo e crescendo todos os dias, para desfrutares ao máximo tudo o que ela te oferece.

Precisamos de ti a cada momento para crescer, crescer contigo. Precisamos de ti, procura-nos e encontra-nos. Nunca estaremos longe, estaremos sempre naquele lugar pequenino e quente que se chama coração. Não te esqueças, precisamos de ti para crescer! Precisamos de nascer contigo!

Um beijinho para ti, bebé

do Grupo JR Gaia

1 comentário:

calmeiro Matias disse...

Queridos jovens
Obrigado pela maturidade que demonstrais neste texto magnífico.
Queria deixar-vos um abraço de amizade e apreço.
Calmeiro Matias